Israel, por que ir?

by Mundoaivoueu
Israel

Israel, por que ir?

Israel, por que ir para este país minúsculo e tão longe?

Nos últimos 18 meses eu fui 3 VEZES pra esse lugar incrível e acho que posso te dar alguns motivos…

Minha primeira vez em Israel.

Eu e meu filho…
Da primeira vez, o país estava ali no meio do caminho da nossa trip e resolvemos dar uma bisbilhotada por lá.
Minha nossa… mesmo depois de termos passado dias antes pela Grécia (incrível), pela Turquia (uma coisa) e por Roma (não preciso falar né? Demais), chegamos em Israel para finalizarmos nossa viagem sem nenhuma expectativa.
De fato eu e meu filho achávamos que já tínhamos feito a melhor parte da viagem no início dela.
Ledo engano…

Foi algo mágico que me faz escrever este texto completamente arrepiada só de lembrar essa sensação!
Isso aconteceu no final de julho de 2018 e ficamos por lá 5 dias.
Esse pôr do sol da foto (juro que não tem filtro nenhum e foi tirado do celular) nos recepcionou como um presente que Deus nos dava!

 

Israel, por que ir?- Primeiras impressões

As pessoas convivendo harmonicamente com suas diferenças culturais, principalmente em Tel Aviv e Jerusalém, é algo de cair o queixo.
Vi famílias ortodoxas rezando ali perto da orla de Tel Aviv no entardecer enquanto no mesmo local, casais gays tinham seu momento de curtir sentados na grama 5 metros distantes da família, sem NENHUM olhar ou cara de julgamento. Neste mesmmo cenário, ví garotas com roupas curtas de ginástica correndo e caminhando pela orla, sem NENHUM olhar maldoso nem dos homens que passavam por ali, nem dos religiosos cumprindo suas orações.
Uma cena fantástica de inclusão de verdade.

Nunca tinha visto em nenhum lugar!
Foi ali que do nada me senti como se eu estivesse no meu lugar. Bem vinda, acolhida e feliz!
Da primeira vez fizemos o que todo o turista faz: chega em Tel Aviv, vai pra Jerusalém com alguma excursão, conhece os pontos turísticos incluindo Santo Sepulcro, Muro das Lamentações, Via Dolorosa.. uma “boiada” no mar morto, mais um pouco de Tel Aviv, aeroporto e casa..

Beachfront Tel Aviv - Israel

Cheguei e fui recebida com esse pôr do sol! Dá pra não amar?

Fiquei com gostinho de quero mais e com algo na cabeça, pensando que tinha sido a empolgação da primeira vez e que eu precisaria ir de novo pra “perder a graça” e pronto..

 

Israel, por que ir de novo? – Minha segunda vez

Ok! Segunda trip com o filho, resolvemos fazer mais alguns países como Alemanha, França, Egito e Jordânia.
Ah, já que estamos na Jordânia, da pra voltar lá e já tirar essa conclusão né?

Visitar pela segunda vez um local, muitas vezes, faz perder aquele encanto.

Eu precisava dessa prova!
Então, desta vez, cruzamos à pé a fronteira da Jordânia – de Aqaba para Eilat no extremo sul de Israel.

Fronteira Jordânia - Israel

E a alegria da pessoa quando vê que está perto da fronteira de Israel?

Foram mais 5 dias em que, desta vez, aluguei um carro ali em Eilat e atravessamos o país até Nazareth e Haifa.
Jerusalém e Tel Aviv obviamente foram repetidas.

E aquela história de ir pela segunda vez pra perder um pouco do encanto?

NÃO FUNCIONOU!!!

Jerusalém - Israel

A foto que eu mais amo, tirada em Jerusalém no dia em que completava 5 anos que ví meu pai vivo pela última vez.

To mais arrepiada ainda aqui escrevendo porque me lembro nitidamente desta sensação aumentada.

Me senti ainda mais em casa, mais acolhida e amei ainda mais cada lugar, chegando a amar ainda mais os lugares repetidos como o Muro das Lamentações e a orla de Tel Aviv.

Muro das Lamentações - Jerusalém - Israel

O meu lugar preferido no mundo

Jerusalem - Old City - Israel

Jerusalem, eu amo mesmo!

Mais 5 dias por lá, pra mim foi pouco, mesmo tendo sido intensos e eu tendo desbravado muito mais por ali…
Entrei no avião pra voltar pra casa em prantos.

Chorei mais de 3 horas porque eu não queria estar indo embora.

Tipo criança quando vai embora do parquinho? Igual!

 

De volta à rotina.

Bem, neste momento, eu já estava aprendendo hebraico em um aplicativo para celular e com um professor particular. Ouvindo musicas em hebraico, vendo filmes e séries na língua e, desta forma me transportava, nem que fosse um pouquinho, pro meu lugar escolhido no mundo.
Tá. Já tinha ido 2 vezes em questão de 5 meses…

De volta à realidade, trabalhando muito, sem deixar nenhum único dia de ter contato com algo que me transportasse pra lá, um dia, eu sonhando aqui com minhas viagens (porque eu amo viajar), comecei a pesquisar trechos do Brasil pra cá e pra lá e vendo valores. Só por olhar mesmo…

Então por que ir a Israel?

Neste momento, só por curiosidade mesmo, pesquisei São Paulo – Israel, ida e volta.
Para a minha surpresa, encontrei uma passagem com voo direto de ida e volta que custava 33 mil milhas o trecho.

66 mil milhas no total + R$230 (duzentos e trinta reais de taxas)

Pasmem, foi tudo o que desembolsei pela passagem!
E, então, era só isso que me separava de Israel. 🥰

Ahhhh adivinhem? Comprei! Marquei minhas férias à toque de caixa para dali a 75 dias e voltei pra lá!

Israel, por que ir? Em 18 meses, a minha terceira vez em Israel!

Então, Israel, por que ir, eu me perguntava?

E, sozinha, por 12 dias, desta vez eu teria que enjoar, né?

Errado!

Foram os 12 dias mais incríveis da minha vida, mesmo estando pela terceira vez em Israel!
Atravessei novamente o país de carro, desta vez sozinha!
Fiz mais amigos.

Conheci gente no ponto de ônibus que virou amigo e guia turístico.

Pedi informação em um bar, ganhei suco de romã e o tempo que eu precisei para carregar o meu celular.

Dancei em cima da mesa com uma nova amiga!

Brinquei de falar hebraico (e consegui!), revisitei meus lugares preferidos.

Fui ao Muro das Lamentações de dia, de noite, todos os dias em que estive em Jerusalém.

Chorei de emoção todas as vezes!

Passei o dia na praia com um amigo que, até então, só conhecia pela internet. E descobri que tive a oportunidade de conhecer uma das melhores pessoas da minha vida!

Parte do meu coração fica lá cada vez que eu volto e sinto que quando estou lá, ele fica completo!

Pub em Eilat - Israel

Com o Gabi, o dono do Pub mais antigo de Eilat – Israel

Finalmente, por que ir a Israel?

Israel é um país que deveria ser obrigatório para todo mundo.
Lá eu tive e sei que sempre terei as maiores emoções da minha vida.

Estou falando de algo que não dá pra explicar com palavras. Só dá pra sentir e se deixar levar!
Quem quiser ver mais sobre essas experiências incríveis, vai lá no meu insta que tem vídeos de tudo e mais fotos!
E se você tiver pelo caminho, pare lá pra viver isso.

 

Informações sobre Israel – Por que ir?

Tem voos diretos inclusive pela Latam!

A língua oficial é o hebraico mas a maioria das pessoas fala também o inglês.
Você pode alugar um carro lá usando sua carteira de habilitação brasileira!
O waze é israelense e funciona maravilhosamente bem na sua terra natal!
O país é minúsculo o que te possibilita conhecer muito em pouco tempo.
É o país mais seguro que já fui!
Transporte público por lá é ótimo, se a sua opção for está! Veja aqui
Eles parecem grossos mas não são! Você logo percebe que é só o jeito deles.

Super fácil fazer amizade por lá!
O único país que visitei que os homens não olham pro seu decote ou para o seu traseiro depois de passarem por você. Te olham nos olhos, esteja você vestida como estiver. O maior respeito que eu já senti na vida!
Homens e mulheres israelenses são MUITO BONITOS!
Apesar da moeda deles (Novo Shekel Israelense – NIS) ser praticamente equivalente ao nosso real, a moeda deles é bem forte e sim, o país é caro para se hospedar, para comer.
Mas não é impossível!
Passaria dias aqui falando sobre Israel!
Então se vc  se pergunta “Por que ir a Israel?”, vem ver todas as viagens detalhadas aqui em @mundo_ai_vou _eu e pode me perguntar o que quiser!

Com o maior prazer vou te responder porque eu só quero que você também possa ter essa vivência linda que eu tive!

תודה רבה לכולם!!!
Obrigada a todos!
Eu ❤️🇮🇱

You may also like

Leave a Comment